agrião

Designação de plantas herbáceas, helófitas, da família das Crucíferas e do género Nasturtium.
O agrião, Nasturtium officinale, também conhecido por agrião-dos-rios, ou por agrião-das-fontes ou agrião-da-água, é uma planta cujo tamanho varia entre os dez e oitenta centímetros de altura. É uma planta vivaz, de caule prostado, redondo, carnudo e glabro. A parte inferior do caule é rastejante na água. As folhas são de cor verde escura, carnudas, glabras, pinuladas com foliolos ovais ou arredondados, sendo o foliolo terminal geralmente maior.
As flores, que aparecem entre maio e setembro, são brancas e pequenas, dispostas em cacho denso. Apresentam quatro sépalas iguais e quatro pétalas em cruz. Possuem seis estames, sendo quatro compridos e dois curtos. O fruto é uma síliqua pequena que contém quatro fileiras de sementes. São ainda conhecidas com nome de agrião as seguintes espécies que se indicam como exemplo: agrião-dos-prados (Cardamine pratensis), agrião-menor (Cardamine hirsuta), agrião-rinchão (Barbarea verna), agrião-mouro (Lepidium sativum), agrião-do-pará (Spilanthas olearáceas), etc.
O agrião é vulgar em Portugal nos sítios húmidos, inundados e cursos de água. Também é cultivado para a utilização em saladas pela riqueza em vitaminas A e C e sais minerais das suas folhas.
Para aproveitar ao máximo as importantes propriedades do agrião, é necessário utilizá-lo muito fresco e verde e lavá-lo previamente, pois pode transmitir uma doença parasitária, a distomatose.

Como referenciar: agrião in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-08-12 18:59:39]. Disponível na Internet: