Alberto Braga

Autor de vários livros de contos, exerceu o cargo de secretário do Instituto Industrial de Lisboa e deixou uma considerável colaboração jornalística dispersa por vários periódicos. Depois de ter tentado o drama e de ter anunciado um romance cujo título sugeria a filiação na corrente fisiologista do Naturalismo, Afinidades patológicas. Romance de costumes contemporâneos, que não chegou a escrever, dedicou-se ao conto rústico, publicando os volumes Contos da minha lavra (1878), Contos de Aldeia (1880), Novos Contos e a antologia Contos escolhidos (1892). Morreu vítima de tuberculose. A sua obra está ainda repleta de marcas românticas, de influência camiliana, como sendo as intrigas sentimentais, os desfechos trágicos e a estratégia do narrador, que intervém frequentemente com exclamações e digressões, e salienta-se pelo estilo sóbrio e pelo predomínio da descrição.
Como referenciar: Alberto Braga in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-01-23 07:28:09]. Disponível na Internet: