aldeído

Os aldeídos são compostos alifáticos (de cadeia aberta) ou aromáticos estruturalmente derivados dos hidrocarbonetos, substituindo, no mesmo carbono, dois átomos de hidrogénio por um átomo de oxigénio. Caracterizam-se, portanto, por conterem um grupo aldeído ou também denominado de carbonilo (-CHO).
Os aldeídos com um pequeno número de átomos de carbono têm um odor picante, enquanto os de elevado número de átomos de carbono têm habitualmente um odor a frutas (substâncias odoríferas naturais).
Na fermentação do mosto da uva, os aldeídos, juntamente com os ésteres, conferem ao vinho um aroma agradável. Na sua maioria, os aldeídos são líquidos e são obtidos a partir dos álcoois correspondentes, por oxidação moderada, ou a partir dos ácidos carboxílicos, por redução. Os aldeídos atuam como redutores e por oxidação transformam-se em ácidos carboxílicos.
Muito facilmente dão lugar a reações de polimerização e condensação.
São utilizados como produtos intermédios na obtenção de resinas sintéticas, solventes, DDT (inseticida), corantes, perfumes e produtos utilizados no curtimento de peles.
Entre os aldeídos mais importantes citam-se o formaldeído, o acetaldeído, o benzaldeído, a vanilina e o cloral.
Como referenciar: aldeído in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-17 23:54:10]. Disponível na Internet: