Alfred Hitchcock

Realizador inglês, nasceu a 13 de agosto de 1899 em Londres, e morreu a 29 de abril de 1980, na Califórnia. O fulcro da sua obra residirá talvez na sábia exploração do suspense humoristicamente macabro do quotidiano através daquilo a que alguns críticos chamam uma «câmara ontológica», aquela que se autoproblematiza, simultaneamente investigando a complexidade das personagens sem coordenadas que procura captar: o homem inocente que deve perseguir o criminoso para se ilibar da acusação de um crime que não cometeu, a mulher culpada que cerca um herói masculino para o destruir ou acabar por ser salva por ele, e o assassino psicopata. É neste percurso que vamos deparando com a progressiva desorientação da personagem de James Stewart em Vertigo (A Mulher que Viveu Duas Vezes, 1958), depois com o estilhaçamento da personagem principal de Psycho (1960) e, finalmente, com a deglutição da humanidade no final de The Birds (Os Pássaros, 1963). Outros filmes emblemáticos deste realizador são Spellbound (A Casa Encantada, 1945), Notorious (Difamação, 1946), To Catch a Thief (Ladrão de Casaca, 1955) e North By Northwest (Intriga Internacional, 1959), estes três últimos com Cary Grant.
Em 1999 comemorou-se o centenário do nascimento do realizador.
Como referenciar: Alfred Hitchcock in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-20 10:42:47]. Disponível na Internet: