Alfred Sloan

Empresário e gestor norte-americano da indústria automóvel, nascido em 1875 e falecido em 1966, foi o presidente da General Motors (GM) entre 1923 e 1946. É considerado por muitos o inventor da arte de gerir uma grande empresa. A sede da empresa concentraria recursos e coordenaria as divisões operacionais da empresa. Para fazer a ligação entre as diferentes divisões (as futuras unidades estratégicas de negócios), Sloan institui um conjunto de procedimentos standard para orçamentação, contratação, previsão e relatório de vendas, etc. Criou conselhos interdivisionais onde os executivos podiam partilhar ideias ou encontrar formas de explorar as economias de escala. Sloan definiu para a GM uma estratégia de marketing segmentado, que permitiu fazer crescer a empresa de 12,7% de quota de mercado em 1921, para 47,5% em 1940. As suas ideias estão reunidas na obra My years with General Motors. Sloan tem sido um modelo para os gestores de todo o mundo. Foi na GM que Peter Drucker começou a aprender gestão, difundindo os seus conceitos através da sua atividade de consultadoria e dos seus livros.
Como referenciar: Alfred Sloan in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-16 09:20:41]. Disponível na Internet: