Alfredo Bensaúde

Engenheiro e pedagogo português, Alfredo Bensaúde nasceu a 4 de março de 1856, em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.
Oriundo de um família abastada, seguiu os conselhos de Antero de Quental e foi estudar para a Alemanha. Aí, realizou os estudos preparatórios na Escola Técnica Superior de Hanôver, terminou, em 1879, o curso de engenheiro de minas na Escola de Minas de Clausthal e, em 1881, doutorou-se em Mineralogia, na Universidade de Göttingen que premiou a tese com uma medalha de ouro.
Ao regressar a Portugal, integrou os Serviços Geológicos e, em 1884, foi lecionar Mineralogia e Geologia para o Instituto Industrial e Comercial de Lisboa. Devido ao forte contraste entre o ensino alemão e português, o professor inseriu novas pedagogias no sistema português e financiou a aquisição de novos materiais. Em 1892, publicou o Projeto de Reforma do Ensino Tecnológico, mas este não chegou a ser concretizado por ser demasiado inovador. Mais tarde, o ministro do Fomento, Brito Camacho, influenciado pelo projeto, propôs a criação do Instituto Superior Técnico (1911), convidando Alfredo Bensaúde para o cargo de organizador e de diretor, no qual se manteve até 1920. O Instituto tornou-se na primeira escola pública com autonomia pedagógica e administrativa e com um novo modelo de recrutamento de docentes. Em 1893, Alfredo Bensaúde foi aceite como sócio correspondente na Academia das Ciências de Lisboa, alcançando o lugar de académico emérito, em 1929.
Em 1922, após a morte do pai, regressou a São Miguel para administrar a empresa da família. Nessa altura, ocupou-se, principalmente, da música e do fabrico de violinos e desenvolveu também vários estudos, dos quais se destaca Notas Histórico-Pedagógicas sobre o Instituto Superior Técnico (1922), obra na qual apresentou os princípios pedagógicos e de gestão para estruturar e dirigir o Instituto Superior Técnico.
Alfredo Bensaúde faleceu a 1 de janeiro de 1941, em Ponta Delgada. Foi, depois, criado o Prémio Alfredo Bensaúde de Geologia que tem como objetivo distinguir os alunos finalistas do ensino secundário interessados no estudo e na investigação daquela área.
Como referenciar: Alfredo Bensaúde in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-14 10:11:12]. Disponível na Internet: