Alfredo Mâncio

Poeta, jornalista e caricaturista, Alfredo Augusto Mâncio nasceu em agosto de 1868, em Valença, e faleceu em dezembro de 1905, em Ponte de Lima, terra onde viveu a maior parte da sua vida. Publicou vários jornais humorísticos como O Phantasma, Piparotes, O Monóculo e O Bohémio, tendo sido também o responsável pela edição de O Commercio, uma publicação sem a vertente humorista dos anteriores.
Considerado por muitos como um esteta, Alfredo Mâncio terá deixado nos seus trabalhos um rasto das influências suscitadas por Sebastião Sanhudo e, de uma forma menos direta, Rafael Bordalo Pinheiro.
Como referenciar: Alfredo Mâncio in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-19 17:03:30]. Disponível na Internet: