Alfredo Marceneiro

Fadista, de seu nome Alfredo Rodrigo Duarte, nascido em 1891 e falecido em 1982. Oriundo de uma família humilde, foi forçado a abandonar os estudos após a morte do pai, seguindo o ofício de marceneiro. Começou a cantar sob influência da mãe, que era fadista, acabando por gravar o seu primeiro disco em 1929. Estando sempre ligado ao fado, participou na opereta História do Fado, contracenando com Beatriz Costa e Vasco Santana. Em janeiro de 1948 foi consagrado Rei do Fado, e muitas das suas músicas, entre as quais A Casa da Mariquinhas, constituíram grandes êxitos.
Como referenciar: Alfredo Marceneiro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-10 05:59:40]. Disponível na Internet: