algas

As algas constituem um grupo não taxonómico e diversificado de organismos procarióticos (por ex.: algas azuis) e eucarióticos (por ex.: algas verdes) com características em comum. Ocorrem em habitats variados como ambientes aquáticos, de água doce ou salgada, até em desertos. Podem estabelecer relações de simbiose com outros organismos (por ex.: líquenes).
As algas são tipicamente organismos fototróficos, a maioria com clorofila a e outros pigmentos fotossintéticos, mas existem algumas espécies de algas heterotróficas. A sua constituição é, de uma forma geral, simples, embora algumas algas castanhas apresentem uma maior diferenciação tecidular. A complexidade de formas deste grupo de organismos é enorme, encontrando-se desde algas unicelulares a macro-algas.
As estruturas reprodutoras das algas são, geralmente, simples, e não apresentam tecidos de proteção. As algas podem ser agrupadas de acordo com os seus pigmentos fotossintéticos e as diferenças bioquímicas, tais como a constituição química da parede celular e o tipo de alimento que armazenam (amido, paramilo ou óleo).
São exemplos de grupos de algas:
- Algas azuis (Cyanophyta), com clorofila a e ficocianina.
- Algas verdes (Chlorophyta), que possuem clorofilas a e b e carotenoides.
- Algas castanhas (Phaeophyta), com clorofilas a e c e carotenoides.
- Algas vermelhas (Rhodophyta), que possuem clorofila a, ficobilinas e carotenoides.
As algas desempenham no meio aquático uma função semelhante à das plantas do ambiente terrestre. São responsáveis por cerca de 60 por cento do oxigénio produzido pelas plantas, diferindo das plantas pelo facto de o zigoto não se encontrar protegido.
Como referenciar: algas in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-19 17:22:56]. Disponível na Internet: