Algôs ou Algoz

Existem duas versões para o nome da terra de Algôs, ou Algoz. Uma diz que o nome da localidade foi atribuído por D. Fernando I, rei de Leão, quando ali passou a caminho de Silves. Um dos seus homens achou a povoação tão insignificante que nem valia a pena que nela se demorassem, ao que o rei retorquiu: "Algo es!". E assim se ficou a chamar Algoes e depois Algôs.
Outra diz que, quando a povoação era tão pequena que ainda não tinha nome, os seus habitantes resolveram fazer uma procissão para que Deus lhes desse inspiração. Levavam no andor uma imagem do tamanho de um homem. Ao passar por uma vereda, as árvores impediam a procissão de seguir o seu caminho. O dono das árvores opôs-se a que estas fossem cortadas. A discussão instalou-se e o pároco, para evitar confrontos, resolveu cortar a cabeça da imagem do santo para que a procissão continuasse. A população, enfurecida contra o pároco, resolveu chamar àquela povoação Algoz, que quer dizer carrasco.
Como referenciar: Algôs ou Algoz in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-11 17:28:53]. Disponível na Internet: