Ana de Castro Osório

Escritora, feminista e ativista republicana nascida a 18 de junho de 1872, em Mangualde, e falecida a 23 de março de 1935. É considerada a fundadora da literatura infantil no nosso país. Traduziu autores estrangeiros de literatura infantil. Escreveu alguns livros que foram utilizados como manuais escolares e publicou ainda uma obra marcante na sua época, a coleção Para as Crianças, que lhe ocupou perto de quatro décadas de trabalho. Escreveu entre outras obras infantis A Comédia de Lili (teatro, 1903) e O Príncipe das Maçãs de Oiro (1935). Outros títulos dignos de realce são A Minha Pátria, As Mulheres Portuguesas (em que alia o feminismo a uma postura patriótica) e A Mulher no Casamento e no Divórcio (uma tomada de posição sobre a problemática do divórcio, que seria objeto de legislação por parte de Afonso Costa, e em que colaboraria). Ana de Castro Osório criou ainda a Liga Republicana das Mulheres Portuguesas.
Como referenciar: Ana de Castro Osório in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-29 18:58:39]. Disponível na Internet: