análise do conteúdo

Procedimento sistemático concebido para examinar o conteúdo de uma mensagem. Método de estudo e análise da comunicação. Realiza-se de forma sistemática, objetiva e quantitativa, com a finalidade de analisar determinados aspetos. A seleção da mostra da análise tem de ser conforme as regras explícitas. A objetividade da análise baseia-se na minimalização das idiossincrasias do investigador pela aplicação de critérios suficientemente verificáveis. A quantificação permite oferecer uma representação precisa e sintética dos resultados. O uso da ferramenta estatística possibilita ampliar a interpretação e a análise. Perspetivas possíveis na análise do conteúdo:

- comparativa: por exemplo, comparação das informações fornecidas por vários emissores;

- diacrónica: por exemplo, evolução do estilo de informar, ou de géneros jornalísticos;
- confrontativa: justaposição dos dados da realidade com os dados presentes na informação.

Constituem-se como domínios possíveis da aplicação da análise de conteúdo aqueles cujo suporte é linguístico (escrito ou oral), icónico (sinais, grafismos, imagens, filmes...) e outros códigos semióticos, que, não sendo linguísticos ou icónicos, podem ser portadores de significações (música, comportamentos, espaço...).

Como referenciar: análise do conteúdo in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-14 01:00:57]. Disponível na Internet: