Anastasio Somoza

Anastasio Somoza, general (1937-1947) e presidente (1950-1956) da Nicarágua; fundador de uma "dinastia" de ditadores que, com o apoio dos Estados Unidos, dominou o país durante 43 anos. Nasceu em 1896, em S. Marcos, e foi educado nos Estados Unidos. Membro do Partido Liberal, contou com a força decisiva da Guarda Nacional, criada em 1920 e treinada pelos americanos, que dirigiu depois de 1933. Em 1936, após um período de forte instabilidade, tomou o poder e governou como ditador durante 20 anos. Sempre com o apoio da Guarda Nacional, verdadeiro instrumento do seu poder ditatorial, distribuiu cargos governamentais por elementos moderados da oposição conservadora, procurando transmitir uma imagem de pessoa tolerante. Apesar de ter reunido uma enorme fortuna em proveito próprio, considera-se que não foi insensível à questão do progresso económico e social do país. Durante o seu governo, as exportações da Nicarágua tiveram um grande aumento. Após o seu assassinato em 1956, sucedeu-lhe no poder o seu filho mais velho, Luís Somoza Debayle.
Como referenciar: Anastasio Somoza in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-14 01:12:52]. Disponível na Internet: