Anderson Polga

Futebolista brasileiro nascido a 9 de fevereiro de 1979, em Santiago, no Rio Grande do Sul, Anderson Corrêa Polga sagrou-se campeão do mundo em 2002, em representação da seleção do Brasil.
Polga, que se destacou como defesa central, iniciou-se como profissional no Grémio de Porto Alegre, um dos mais populares clubes brasileiros. Jogou regularmente na equipa principal entre 1999 e 2003 tendo conquistado um campeonato gaúcho e uma Copa Brasil, ambos em 2001. Em 2001 e 2002 Polga foi um dos jogadores mais importantes do Grémio na Taça Libertadores, uma das mais importantes provas de clubes da América do Sul. As suas exibições levaram a que o então selecionador do Brasil, Luiz Felipe Scolari, o convocasse para alinhar na seleção do seu país.
Polga fez a sua estreia pelo Brasil a 31 de janeiro de 2002, num jogo contra a Bolívia, no decorrer do qual marcou um golo. Ainda nesse ano, a 17 de abril, Polga defrontou a seleção portuguesa num desafio que decorreu no Estádio de Alvalade e que terminou empatado a um golo. Nesse mesmo ano, sagrou-se campeão do mundo após ter alinhado em duas partidas do Mundial da Coreia do Sul/Japão, ganho pelo Brasil.
Polga foi contratado para jogar no Sporting Clube de Portugal a partir da temporada 2003/2004, tornando-se assim no primeiro jogador campeão do mundo a alinhar no campeonato português. O defesa central brasileiro estreou-se pelo Sporting, então treinado por Fernando Santos, a 16 de agosto de 2003, num desafio em que o clube de Lisboa venceu em Coimbra a Académica por 2-1.
Ao serviço do Sporting foi regularmente titular, embora em maio de 2005, quando o clube português chegou à final da Taça UEFA, a segunda prova de clubes de maior importância na Europa, tenha sido relegado para o banco de suplente pelo treinador José Peseiro. Polga manifestou o seu desagrado por esta opção do técnico e mostrou-se indisponível para jogar na partida seguinte do Sporting. Contudo, depois de castigado pelo clube, acabou por permanecer a jogar em Portugal e, na temporada seguinte, voltou a conquistar a titularidade, numa época em que foi treinado por José Peseiro e Paulo Bento, sucessivamente.
Como referenciar: Anderson Polga in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-04-25 11:03:05]. Disponível na Internet: