Anna Paquin

Atriz canadiana, Anna Helene Paquin nasceu a 24 de julho de 1982 em Winnipeg, Manitoba.
Tinha apenas quatro anos quando a sua família se mudou para a Nova Zelândia. Quando os seus pais se divorciaram, passou a morar com a mãe e a irmã em Los Angeles para ter acesso a mais oportunidades como atriz.
A sua estreia no cinema não podia ter sido melhor: com apenas 11 anos ficou à frente de 11 000 raparigas nas audições para o filme de Jane Campion The Piano (O Piano, 1993). Anna interpreta o papel de Flora McGrath, a filha temperamental de uma muda (Holly Hunter), que viaja para a Nova Zelândia para conhecer o marido com quem casou por procuração. Este seu papel deu-lhe o Óscar de Melhor Atriz Secundária e tornou-a a segunda atriz mais jovem a atingir este feito. No seu filme seguinte, fez de jovem Jane no filme Jane Eyre (1996), de Franco Zefirelli, baseado no livro de Charlotte Brönte. No mesmo ano, filmou Fly Away Home (Voando Para Casa), de Carroll Ballard, ao lado de Jeff Daniels, onde interpreta o papel de uma menina que ajuda um bando de gansos a voar.
No ano 2000, foi uma das mutantes na adaptação de Bryan Singer da banda desenhada X-Men ao cinema. Voltou a participar na sequela deste filme, X-Men 2, em 2003.
Anna seleciona muito bem os filmes e os realizadores com quem tem trabalhado: Almoust Famous (Quase Famosos, 2000), de Cameron Crowe; Finding Forrester (Descobrir Forrester, 2000), de Gus Van Sant, com Sean Connery; Darkness (2001), um filme de terror com Lena Olin; e 25th Hour (A Última Hora, 2002), de Spike Lee, onde contracena com Edward Norton e Philip Seymour Hoffman.
Como referenciar: Anna Paquin in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-21 01:38:13]. Disponível na Internet: