Antémio

Imperador do Ocidente entre 467 e 472, governou na época da derrocada acentuada do império, acossado pelos bárbaros e minado pela divisão e lutas. Teve um reinado apagado e submisso ao Oriente.
Sobrinho do regente do Oriente, também chamado Antémio, Prefeito do Pretório em Constantinopla, e genro de Marciano, imperador, Antémio era detentor de uma brilhante carreira quando Leão o nomeou imperador do Ocidente e o proclamou oficialmente em 467. Apesar das ajudas recebidas do Oriente, durante o seu reinado verificaram-se desastrosos insucessos perante os Vândalos (468) e os Visigodos na Gália. As suas relações com o genro Recimero foram sempre tensas, rebentando mesmo um grave conflito entre ambos em 472. Antémio foi cercado em Roma e, segundo reza a história - não se sabe se lenda ou não - disfarçado de mendigo, foi levado para uma igreja e aí supliciado por Gundobardo, chefe militar burgúndio.
Como referenciar: Porto Editora – Antémio na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-26 02:01:27]. Disponível em