Antígona

Antígona era filha de Édipo, rei de Tebas, e de Jocasta, mulher de Laio e, mais tarde, mãe e mulher de Édipo.
Antígona quis prestar as últimas honras fúnebres ao seu irmão Polinices, que morrera pouco antes, em desrespeito da proibição expressa de Creonte, rei de Tebas, senhor de mau génio e espírito vingativo.
Antígona foi por ele condenada a morrer de fome na prisão, onde, levada pelo desespero em que se encontrava, tentou afogar-se.
Hemo, príncipe tebano, que ia desposá-la, tinha tanta afeição a Antígona, que se matou em grande desespero sobre o seu corpo.
Como referenciar: Antígona in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-14 13:48:13]. Disponível na Internet: