apócope

Fenómeno fonético de supressão de fonema ou sílaba no final de palavra. Este fenómeno, muito frequente na evolução das línguas, é responsável pela mudança fonológica de muitos vocábulos em português desde o latim, como se pode observar nos exemplos que se seguem:
faci(t) > faz(e) > faz
star(e) > estar
dar(e) > dar
"Alevantando um pouco, mui seguro"
(Camões, Os Lusíadas, I, 37)
A apócope é ainda visível no português oral contemporâneo na supressão que habitualmente se faz do <e> [E] átono em sílaba final:
['Kov] → (<couve>)
[Kõtét] → (<contente>)
['sÈt'AnuS] → (<sete anos>)
Como referenciar: Porto Editora – apócope na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-28 08:26:54]. Disponível em