área protegida

Áreas onde se pretende criar condições para que se estabeleça um contacto mais íntimo entre o Homem e a Natureza, que nelas é encontrada no seu expoente máximo. Surgem da necessidade de conservar a natureza, a paisagem, o património edificado e a vivência das populações. A sua criação tem ainda por objetivo estimular o desenvolvimento integrado destas áreas, vitalizando os seus recursos e as suas atividades tradicionais, assegurando a sua evolução harmoniosa e equilibrada. As áreas protegidas podem ser classificadas em: Parques Nacionais, Parques Naturais, Reservas Naturais, Monumentos Naturais, Paisagens Protegidas e Rede Natura 2000. Os primeiros contêm um ou mais ecossistemas inalterados ou pouco alterados pela ação antrópica, integrando por isso amostras representativas de regiões naturais características, de paisagens naturais ou humanizadas, de espécies da fauna ou da flora, de habitats ou de locais geomorfológicos com interesse científico e educacional. Os parques naturais possuem paisagens de interesse nacional, naturais, seminaturais e humanizadas, onde a natureza e as atividades antrópicas se integram de forma harmoniosa, constituindo amostras importantes de uma região natural ou bioma. As reservas naturais têm como objetivo principal a proteção de habitats da flora e da fauna. Os Monumentos Naturais correspondem a espaços singulares e raros em termos naturais, de importante representação científica, cultural, ecológica e estética, que justificam a manutenção da sua integridade e conservação. As Paisagens Protegidas são todas aquelas que possuem grande valor estético ou natural, de interesse regional ou local, pelo facto de resultarem de uma equilibrada e harmoniosa relação entre as atividades humanas e a natureza. A Rede Natura 2000 é constituída pelo conjunto das Zonas de Proteção Especial (ZPE) e das Zonas Especiais de Conservação (ZEC), resultantes da aplicação de duas diretivas comunitárias: a das Aves e a dos Habitats.
Como referenciar: área protegida in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-06-04 02:17:06]. Disponível na Internet: