árgon

O árgon (Ar) é um elemento químico gasoso, não metálico, inerte, pertencente ao grupo dos gases raros ou nobres, que se localiza no grupo 18 e período 3 da Tabela Periódica.
Este possui número atómico 18 e massa atómica 39,948.
Em 1785 isolou-se árgon pela primeira vez, sem se saber, quando o investigador Henry Cavendish converteu em dióxido de azoto o oxigénio e o nitrogénio contidos numa determinada quantidade de ar, fazendo saltar faíscas elétricas através de lixívia saponácea. Após uma série de operações ficou uma pequena bolha de gás. Hoje, sabe-se que se tratava fundamentalmente de árgon. Em 1894, em Bristol, Inglaterra, John William Strutt Rayleigh e Sir William Ramsay, respetivamente físico e químico britânicos, voltaram a isolar o referido gás a partir do ar, comprovando que não se dava nenhuma reação química, pelo que lhe chamaram "árgon", que deriva do grego argos que significa inerte, inativo.
Este elemento existe no ar na proporção de 0,9325% em volume e também se encontra nas nascentes de água mineral.
É utilizado para encher lâmpadas elétricas e tubos luminosos.
Como referenciar: árgon in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-23 08:15:01]. Disponível na Internet: