Arte Conceptual

A Arte Conceptual torna-se um fenómeno com alcance internacional nos anos 60 e, embora se apresente de forma muito diversificada, revela características que se tornam comuns a vários artistas, constituindo um movimento artístico com grande desenvolvimento. Nesta corrente considera-se que o mais importante é o "conceito" que fundamenta e determina a obra de arte e não a técnica de execução ou o processo de realização do artefacto. Os conceitos têm raízes variadas, derivando do conhecimento filosófico, da psicanálise ou da reflexão sobre a própria civilização contemporânea.
Estas ideias ou conceitos podem ser comunicados através de uma grande variedade de meios, suportes, técnicas e materiais, cruzando muitas vezes formas díspares de expressão, como textos, mapas, filmes, vídeos, fotografias, instalações e performances. Sem limites de escala ou de tema, a própria paisagem pode integrar a obra de arte, sendo exemplo desta abordagem as esculturas de Richard Long e de Christo e algumas manifestações da Land Art.
O primeiro grupo americano de Arte Conceptual, formado em 1967, integrava os artistas Robert Barry, Lawrence Weiner, Douglas Huebler, entre outros. Na Europa destacam-se as obras de Richard Long e de Joseph Beuys. Alguns destes artistas manifestavam-se contra a criação de objetos. Outros entendiam que a Arte Conceptual, na sua vertente mais radical, era a própria escrita, que se tornava instrumento e elemento expressivo e que podia ser combinada com outros elementos plásticos como desenhos, fotografias ou pinturas.
A Arte Conceptual, em paralelo com outras correntes estéticas que se desenvolveram nas décadas de 60 e 70, possibilitou o alargamento dos territórios de criação, rompendo com o estatuto tradicional da arte, e a ampliação do papel do artista na sociedade, contrariando o excessivo formalismo que assumia a pintura do Expressionismo Abstrato e do movimento minimalista e da Arte Pop.
Como referenciar: Arte Conceptual in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-14 11:08:35]. Disponível na Internet: