Arthur Friedenreich

Jogador de futebol brasileiro nascido a 18 de julho de 1892, em São Paulo, no Brasil, e falecido a 6 de setembro de 1969, em São Paulo.
Filho de pai alemão e de mãe mulata, Arthur Friedenreich destacou-se como o primeiro grande jogador de futebol brasileiro, um atacante de dribles rápidos e criativos, com uma enorme agilidade e força.
Grande detentor de recordes e marcas, salientam-se o de maior goleador, com 1329 golos marcados durante a sua carreira (marca superior à de Pelé), número oficializado pela FIFA e registado no Guiness, e o de futebolista com a mais longa carreira que terminou aos 43 anos, em 1935, após 26 anos de atuação em várias equipes. Realizou 22 jogos pela seleção brasileira, sendo campeão sul-americano (atual Copa América) em 1919 e 1922; foi 7 vezes campeão paulista e 3 vezes campeão brasileiro de seleções estaduais.
Jogou nos clubes Germânia (1910), Mackenzie (1912), Ypiranga (1913), Paulistano (1918-1929), São Paulo da Floresta (1930) e Flamengo (1934). Apelidado pela imprensa sul-americano por "El Tigre", Friedenreich fundou o São Paulo da Floresta, atual São Paulo Futebol Clube.
Quando terminou a carreira, em 1935, quis ser árbitro e técnico, mas sem sucesso. Tornou-se, em 1938, inspetor de vendas da Companhia Antártica Paulista até aos 71 anos, função que o levou a percorrer o país todo.
Como referenciar: Arthur Friedenreich in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-01-21 18:59:31]. Disponível na Internet: