Arthur Holly Compton

Físico norte-americano, nascido em 1892 e falecido em 1962, conhecido por ter descoberto e explicado o fenómeno designado por efeito Compton, segundo o qual radiações eletromagnéticas, como as radiações X, ao serem dispersas por eletrões, aumentam o seu comprimento de onda, pois perdem alguma energia durante a colisão. Esta descoberta comprovou a natureza dual das radiações eletromagnéticas, tendo-lhe sido atribuído, juntamente com Charles Thomson Rees Wilson, o Prémio Nobel da Física, em 1927.
Durante a Segunda Guerra Mundial, foi membro do comité que dirigia a investigação no projeto Manhattan e desempenhou um papel decisivo na construção da bomba atómica, tendo feito investigações sobre o método de isolar o plutónio e trabalhado com Enrico Fermi na produção de reações nucleares em cadeia.
Como referenciar: Arthur Holly Compton in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-01-24 11:15:18]. Disponível na Internet: