August Strindberg

Escritor e dramaturgo sueco nascido a 22 de janeiro de 1849, em Estocolmo, e falecido a 14 de maio de 1912, na mesma cidade.
Estudou, durante 5 anos, na Universidade de Uppsala e exerceu várias profissões, entre elas, professor, jornalista e bibliotecário. Viajou por vários países, tendo vivido essencialmente em França, Suíça, Dinamarca, Alemanha e Áustria.
Começou a escrever nos anos 70 do século XIX, tendo-se revelado um naturalista e opositor ao romantismo que caracterizava a literatura sueca da época. O reconhecimento do seu talento aconteceu com a publicação do romance Röda Rummet (trad. ing. The Red Room), em 1879. Em 1881 a sua peça Mäster Olof, escrita quatro anos antes, obteve o reconhecimento público depois de representada. Outras peças importantes da sua fase naturalista inicial são: Fadren (1887, trad. ing. The Father), Fröken Julie (1888, trad. ing. Miss Julie - peça levada para o cinema em 1951 pelo realizador sueco Alf Sjöberg) e Den Stakare (1889, trad. ing. The Stronger). Para além de peças de teatro escreveu também, entre outras obras, o volume de narrativas Giftas (1884, trad. ing. Marriage) e os romances Hemsöborna (1887, trad. port. Gente de Hemsö) e I Havsbandet (1890, trad. ing. By The Open Sea).
Entre 1892 e 1897, Strindberg passa por uma crise de criatividade literária. É nesta fase da sua vida que se dedica a outras atividades, como a pintura e a fotografia, e se relaciona com personalidades como Edvard Munch e Paul Gauguin.
A segunda fase da sua criação literária inicia em 1897 com a obra poética, escrita em francês, Inferno, uma autobiografia que fala dos momentos de crise por que passou. A partir desta altura, a sua escrita já não é mais caracterizada pelo naturalismo da sua fase inicial. Sofre a influência do simbolismo e do expressionismo como, por exemplo, na peça Ett Drönspel (1902, trad. port. O Sonho). São exemplo de outras obras escritas por Strindberg, nesta segunda fase, o romance Ensam (1903, trad. ing. Alone), as peças Spöksonaten (trad, ing, The Ghost Sonata) e Pelikanen (trad. ing. The Pelican), ambas de 1907, e a peça Stora Landsvägen (1909, trad. ing. The Great Hihgway).
Como referenciar: August Strindberg in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-09-22 22:04:32]. Disponível na Internet: