Auto de S. Martinho

Escrito em 1504, foi representado à rainha D. Leonor nas Caldas da Rainha, no dia da procissão do Corpo de Deus.
Personagens: Um pobre, S. Martinho, pajens.
Argumento: Esta peça (totalmente escrita em castelhano), além de ser uma das mais pequenas de Gil Vicente, é a única que aborda uma "vida de santo". O tema tratado é o célebre episódio em que S. Martinho reparte a sua capa com um pobre que encontrou na estrada cheio de frio.
Como referenciar: Porto Editora – Auto de S. Martinho na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-25 12:56:38]. Disponível em