auto religioso

Segundo António José Saraiva, os autos religiosos, ou autos de moralidade, dividem-se em dois subgrupos:
- autos que, a propósito do nascimento ou da ressurreição de Cristo, nos anunciam a vinda de Cristo para redimir o pecado original.
Exemplos:
- Auto da Sibila Cassandra;
- Auto de Mofina Mendes.
- autos que, de forma alegórica, traduzem um ensinamento religioso ou moral.
Exemplos:
- Auto da Alma;
- Auto da Feira;
- Auto das Barcas.
Como referenciar: Porto Editora – auto religioso na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-08 04:08:43]. Disponível em