Ava Gardner

Atriz norte-americana, Ava Lavinia Gardner nasceu a 24 de dezembro de 1922, na comunidade rural de Smithfield, em Grabtown, nos Estados Unidos da América. Em 1939, acabou o liceu, em Rock Ridge, entrando depois para o Colégio Atlântico Cristão, onde estudou durante um ano. Anos mais tarde, já formada, durante uma viagem com a sua irmã, Ava Gardner foi fotografada pelo seu cunhado, um fotógrafo profissional de Nova Iorque. Larry Tarr afixou a fotografia de Ava na janela do seu escritório e, como resultado, ela foi chamada para fazer um teste na produtora cinematográfica Metro Goldwin Mayer (MGM). Em 1941, Gardner assinou o seu primeiro contrato, para entrar no filme What's Your IQ?, onde representou uma personagem secundária. No final de 1942, já tinha entrado em treze filmes, sempre a desempenhar papéis de apoio às personagens principais. We Were Dancing (A Valsa Irresistível, 1942), Sunday Punch (1942) e Kid Glove Killer (1942) foram três dos filmes que marcaram o início de carreira da atriz. Em 1946, Ava Gardner obteve o seu primeiro papel importante no filme Whistle Stop (O Que Matou por Amor, 1946). Depois da rodagem deste filme, a MGM "emprestou" Gardner aos Estúdios da Universal, onde a atriz participou no êxito de bilheteiras The Killers (Assassinos, 1946). De volta aos estúdios da Metro Goldwin Mayer, Ava Garner continuou a encarnar personagens secundárias. Em 1953, o diretor de cinema John Ford apostou na atriz para personagem principal de Mogambo, filme que lhe valeu a nomeação para o Óscar de Melhor Atriz. Os grandes contratos seguiram-se: protagonizou The Barefot Contessa (A Condessa Descalça, 1954) e foi chamada por George Cukor para integrar o elenco de Bhowani Junction (Encruzilhada de Destinos, 1956). No final da década de 50, com 33 anos, foi viver para Madrid, onde permaneceu por oito anos, antes de se mudar para Londres. No início dos anos 60, desligou-se de Hollywood, tendo participado em produções europeias, tais como La Maja Desnuda (1959) ou La Sposa Bella (1960). Em 1962, regressou aos Estados Unidos para rodar duas grandes produções: Fifty Five Days at Peking (55 Dias em Pequim, 1962), de Nicholas Ray, e Night of the Iguana (A Noite de Iguana, 1964), de John Huston. Até 1986, Ava Gardner participou em mais dezassete filmes e três séries televisivas, entre as quais Anno Domini (1985), onde interpretou Agripina, mãe do imperador Nero. Em Harem (uma série televisiva de 1986), fez a última das suas 68 representações. Nesse mesmo ano, regressou a Londres, onde morreu a 25 de janeiro de 1990, vítima de pneumonia. Foi casada com nomes consagrados do mundo artístico norte-americano, como o ator Mickey Rooney, o seu primeiro marido, Artie Shaw, um dos maiores swingers dos anos quarenta, e, por fim, com Frank Sinatra, considerado o melhor cantor norte-americano de música ligeira. Em Smithfield, a sua terra natal, a atriz tem um museu em sua memória, onde está exposta uma extensa coleção de artefactos relacionados com a sua carreira no cinema e com a sua vida privada.
Como referenciar: Ava Gardner in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-24 18:30:32]. Disponível na Internet: