azola

Designação vulgar de plantas do género Azolla, único género da família das Azoláceas.
As plantas do género Azolla são pequenos fetos aquáticos, monoicos, de caule delgado, ramificado e raízes simples ou ramificadas.
As folhas são pequenas, sem nervuras e com disposição alterna, imbricadas. São bilobadas, com o lóbulo inferior hialino, submerso, e lóbulo superior herbáceo. As folhas albergam, frequentemente, a cianobactéria Anabaena azollae.
As espécies Azolla filiculoides e Azolla caroliniana, vivem naturalizadas na Europa, sendo consideradas em Portugal espécies invasoras.
A Azolla filiculoides encontra-se nos lagos muito pouco profundos, nos arrozais e vales da Beira Litoral, Baixo Alentejo e Estremadura. É um feto anual pequeno, que pode atingir o tamanho de 10 centímetros de comprimento, flutuante, de cor avermelhada a esverdeada e caules finos, ramificados. As folhas, que podem atingir os 2,5 milímetros, são muito fracamente imbricadas, assimetricamente bilobadas.
A Azolla caroliniana tem um habitat em lagos pouco profundos, vales e arrozais no delta dos rios Vouga, bacias do Mondego, Coa, Sado, baixo Tejo e alto Guadiana. Pode atingir 2,5 centímetros de diâmetro. As folhas, esverdeadas a acastanhadas, podem atingir 1,5 milímetros de comprimento, são densamente imbricadas, assimetricamente bilobadas.
Como referenciar: Porto Editora – azola na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-20 21:26:21]. Disponível em