baleia (mitologia)

Durante muito tempo considerada um peixe, a baleia é um mamífero que pelo seu tamanho e forma foi considerada uma deusa do mar. Enquanto divindade, a baleia é um símbolo de renascimento associada ao facto de ser também um suporte do mundo. Em muitas tradições, existe um mito iniciático de passagem pelo ventre da baleia como uma espécie de renovação espiritual ou metafísica.
O episódio bíblico da baleia que engoliu Jonas é um dos mais difundidos da cultura ocidental, já que o peixe é o símbolo por excelência do cristianismo e nesta época acreditava-se que a baleia era um peixe. Jonas sobreviveu três dias dentro da baleia, o mesmo período de tempo que decorreu entre a morte e a ressurreição de Cristo. Por isso se crê que Jonas sofreu uma morte iniciática e a sua saída do ventre da baleia é uma ressurreição simbólica. Nesta história, é clara a representação do ritual de iniciação do mito da reencarnação. Na Babilónia, a baleia era uma deusa marinha, mãe mítica da rainha Semiramis, e aquela que tinha engolido e regurgitado o rei Oannes, dando-lhe vida. Existe uma história semelhante na Escandinávia de um herói engolido por um peixe gigantesco, que era na verdade o ventre de uma bruxa, antes de renascer de novo. O mesmo mito pode ser encontrado na Polinésia, em que um herói conseguiu sobreviver depois de ter estado no ventre de um monstro marinho. No Vietname, a baleia é um animal sagrado, que protege os pescadores dos naufrágios e os guia a bom porto, sendo também responsável, junto dos povos das montanhas do Vietname, por trazer no seu ventre uma criança salvadora do mundo. Na Islão, a baleia é mencionada no Alcorão num episódio de uma viagem de Moisés e também como fazendo parte da mitologia do cosmos. Nessa simbologia, a Terra estava segura por um anjo que se apoiava sobre um rochedo que estava pousado em cima de um touro que por sua vez repousava em cima de uma baleia chamada Nun, que estava nas águas. Segundo a tradição, Nun é tentada pelo demónio a libertar-se de todo este peso, e quando tal acontece surgem os tremores de terra, que não são mais do que as sacudidelas da baleia. A passagem pelo ventre da baleia é considerada uma espécie de passagem pelo inferno, como castigo ou purificação. A baleia simboliza também o desconhecido e o tesouro escondido, tal como os mitos da caverna.

Como referenciar: baleia (mitologia) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-24 14:40:10]. Disponível na Internet: