Bangui


Aspetos Geográficos
Cidade e capital da República Centro-Africana, Bangui localiza-se no Sudoeste do país, perto da fronteira com o Zaire, junto a uma série de rápidos, em pleno coração de África. É um porto fluvial do rio Ubangui, do qual deriva o nome da cidade. Possui cerca de 706 000 habitantes (2005).

História e Monumentos Bangui foi fundada em 1889, como parte daquela que era na altura a colónia francesa de Alto Ubangui, mais tarde chamada Ubangui-Chari, que por sua vez era parte da África Equatorial Francesa. Na época colonial era o centro administrativo do país, continuando como capital quando o país se tornou independente em 1960. Em 1981, depois da deposição de Jean-Bedel Bokassa, levada a cabo pelos franceses, houve eleições seguidas de uma onda de violência na cidade. A oposição ao ditador David Dacko obrigou-o ao exílio e Andre Kolingba formou depois o comité militar para a reconciliação nacional, permitindo contudo que os franceses mantivessem as suas bases militares no país. Em 1996, 200 soldados fizeram um motim que visava a abdicação de outro ditador, Patassé. Contudo, as tropas francesas controlaram o motim e restabeleceram o poder ditatorial. Patassé foi depois eleito presidente, anunciando um governo nacional unitário em 1997. Seguiram-se mais motins e novas lutas. A cidade é considerada bastante perigosa, muito devido à frequência de atentados e de ataques de rebeldes. Em termos de monumentos, destaca-se o Arco Triunfal de homenagem a Bokassa (estilo romano) e o Palácio Presidencial.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
Para além do colorido mercado central, merecem destaque na cidade o Museu Boganda e o Palácio Bokassa. Bangui passou a albergar em 1970 a única universidade do país, a Universidade de Bangui. É uma das menos prestigiadas capitais do mundo pela insegurança e debilidade económico-social. Apesar disso, as suas largas avenidas e a presença do rio conferem-lhe algum charme.


Economia
É o centro administrativo, comercial, económico e educacional do país. As suas principais indústrias incluem os têxteis, os produtos alimentares, a cerveja, o calçado e o sabão. Exporta essencialmente algodão, madeira, café e sisal, especialmente através do seu porto. Possui uma alta taxa de desemprego. Da cidade partem barcos que a ligam a Brazzaville e Zongo. É servida por um aeroporto internacional.
Como referenciar: Bangui in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-11 00:59:27]. Disponível na Internet: