Batalha de Omdurman

Na cidade de Omdurman, no Sudão, situada nas margens do rio Nilo, em frente a Cartum, o conde Kitchener venceu no ano de 1898 o califa Abd Allah.
Horatio-Herbert, conde de Kitchener, era um marechal inglês, natural de Bally-Longford, que recebera formação militar na escola de Woolwich. Enquanto major de cavalariça entrou para o exército anglo-egípcio, uma instituição que veio a reestruturar. Aliás, muitas das glórias militares alcançadas por este homem de armas foram obtidas nesta região.
Após a sua participação na Batalha de Toski, onde se destacou, Kitchener foi nomeado paxá e sirdir do exército anglo-egípcio. O alto-comando militar da região encarrega-o de conter o avanço derviche sobre a Etiópia. Este povo, de negros muçulmanos, dirigidos por Mohamed Ahmed e Abdulah ibn Mohammed al-Taaicchi, conquistaram o Sudão egípcio entre 1881-1885. Este Estado árabe, efémero, tem a sua capital em Omdurman. Depois do seu estabelecimento, os derviches constituíam uma fonte permanente de preocupações para as autoridades anglo-egípcias que passam a atacá-los sistematicamente a partir de 1896; à frente deste processo encontramos Kitchener que, na Batalha de Omdurman, em 1898, trava definitivamente o avanço dos muçulmanos, concluindo a campanha dois anos depois.
Como referenciar: Batalha de Omdurman in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-01-25 20:58:14]. Disponível na Internet: