Batalha de Trafalgar

Batalha travada em Trafalgar, cabo da costa espanhola (Andaluzia) a 21 de outubro de 1805. A vitória da batalha naval pelos ingleses sobre as frotas francesa e espanhola era a sequela do falhanço do esquema de Napoleão para invadir a Inglaterra.

O general Nélson parte de Portsmouth a 15 de setembro, chegando a Cádis a 29. A primeira tarefa de Nélson foi induzir o general Villeneuve a enviar a sua frota para o mar, o que aconteceu, tendo esta operação sido liderada pelo próprio Napoleão e onde este acabaria por ser derrotado pelas tropas inglesas.
As forças de Napoleão em Trafalgar, e apesar do muito espaço de manobra, não conseguiram escapar às táticas de Nélson (este tinha já infligido uma derrota a Napoleão na Batalha das Pirâmides - 1798), uma mistura de inspiração e originalidade.

Nélson conseguiu resolver o quebra-cabeças que atormentava os almirantes britânicos há um século - nomeadamente prevenir que as frotas francesas ficassem intactas.

Por esta razão, Trafalgar é considerada como a maior das batalhas navais e Nelson como o maior dos almirantes.
Como referenciar: Batalha de Trafalgar in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-24 05:53:17]. Disponível na Internet: