Batalha de Trasimeno

A batalha que opôs as tropas romanas lideradas pelo cônsul Caio Flamínio ao exército cartaginês de Aníbal ocorreu nas margens do lago de Trasimeno, na província da Úmbria italiana, a cerca de 19 km de Perugia, no dia 24 de abril de 217 a. C.
Na noite anterior à batalha, Aníbal instruíra os seus homens, colocados estrategicamente num apertado cerco aos soldados romanos, no sentido de acenderem tochas nos montes de Tuoro, de forma a dar uma localização no terreno muito mais afastada da sua posição real. Quando estes avançam, debaixo de um manto de nevoeiro matinal pelo fundo do vale, Aníbal ordena uma carga total da cavalaria e infantaria, que surpreende completamente o contingente romano. Os legionários não têm tempo para se disporem segundo as técnicas tradicionais de combate cerrado, vendo-se obrigados ao combate direto. Os cartagineses levam-nos a recuar até ao lago, sem qualquer hipótese de fuga, resultando num verdadeiro massacre. Quinze mil soldados romanos pereceram, incluindo o próprio cônsul Flamínio.
Como referenciar: Batalha de Trasimeno in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-25 14:44:50]. Disponível na Internet: