Begoniáceas

Família de dicotiledóneas constituída só por dois géneros e cerca de 900 espécies. A maioria das plantas desta família é herbácea ou subarbustiva.
As Begoniáceas (Begoniaceae) distribuem-se pelas regiões tropicais e subtropicais.
As folhas são simples, alternas e geralmente estipuladas. As flores são na sua maioria unissexuais, regulares. Têm perianto petaloide, frequentemente com dois ou quatro tépalas. Os estames são em número de quatro, ou numerosos, com filetes livres ou unidos na base. O gineceu é, geralmente, constituído por três carpelos unidos. O ovário é ínfero, com vários óvulos em cada lóculo. São plantas com ausência de nectários.
O fruto é, geralmente, uma cápsula loculicida e, raras vezes, uma baga.
As begónias, do género Begonia, são plantas herbáceas, que apresentam folhagem agradável à vista e com cores variadas. Pertencem a este género as espécies Begonia salicifolia, denominada begónia-de-folha-estreita, a Begonia rex, conhecida por begónia-real, a Begonia sanguinea, conhecida por begónia-sangue, entre outras.
Das begónias são conhecidas cerca de 1400 espécies, com origem nas regiões tropicais e subtropicais, que deram origem a mais de 10 mil híbridos e cultivares. Os híbridos variam muito em tamanho, podendo encontrar-se desde o muito pequeno e rastejante até ao de caule forte e ereto, que pode atingir os três metros de altura.
Como referenciar: Begoniáceas in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-23 17:00:46]. Disponível na Internet: