Betuláceas

Família de dicotiledóneas constituída por seis géneros e cerca de 150 espécies. As plantas desta família são arbustos ou árvores, todas caducifólias.
As Betuláceas (Betulaceae) distribuem-se na região temperada do Norte, ocorrendo também em regiões tropicais.
As folhas são simples, alternas e fascioladas, e com estípulas. Todas as espécies são monoicas, com flores unissexuais e regulares, geralmente dispostas em amentilhos. Têm perianto, por vezes, sepaloide (flores masculinas), vestigial ou ausente (flores femininas). As flores masculinas normalmente com 4 estames, com filamentos parcialmente soldados ou livres e com cada uma das flores, estão protegidas por um conjunto de brácteas. As flores femininas possuem um gineceu sincárpico, normalmente formado por dois carpelos soldados, e protegido por brácteas pequenas. O Ovário é ínfero, geralmente com dois óvulos em cada lóculo, degenerando todos menos um. Não têm nectários.
O fruto é do tipo aquénio, por vezes alado, pelo que, neste caso, se denomina sâmara.
As Betuláceas são um elemento paisagístico apreciado, devido à cor branca com que apresentam os troncos e ao amarelo da folhagem outonal. Fazem parte desta família as espécies Betula alba, conhecida por bétula-branca, vidoeiro ou bidoeiro, a Alnus glutinosa, denominada amieiro, a Corylus avellana, conhecida por aveleira, entre outras.
Como referenciar: Betuláceas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-23 13:04:00]. Disponível na Internet: