Bill Sanborn Ballinger

Escritor norte-americano, Bill Sanborn Ballinger nasceu a 13 de março de 1912, em Oskaloosa, no estado do Iowa. Estudou na Universidade do Wisconsin, onde conseguiu o seu diploma em 1934.
Passou depois a trabalhar como escritor de televisão, rádio e publicidade.
Regressando aos Estados Unidos da América, depois de ter calcorreado a Europa e o Próximo Oriente, Ballinger decidiu estabelecer-se na Califórnia, na tentativa de arrebatar uma oportunidade como argumentista na indústria florescente da televisão. Publicou a sua primeira obra em 1948, com o título The Body In The Bed (O Corpo na Cama). Romance policial convencional, apresentava ao público o detetive privado Barr Breed, de Chicago. Esta personagem voltou a aparecer noutros livros da autoria de Ballinger, como a obra que se seguiu, The Body Beautiful (1949, O Corpo Belo).
Em 1950 publicou o seu primeiro grande sucesso, Portrait Of A Smoke (Retrato de uma Fumaça), que conta a história do dono de uma loja de colecionismo que, instigado pela curiosidade, tenta seguir o trajeto de uma rapariga, que vai ascendendo da miséria até à riqueza através da mudança de identidade, pela qual se apaixona e que prontamente o implica num assassínio.
Ballinger escreveu quase duas centenas de argumentos, televisivos e cinematográficos, e dezenas de romances, quer policiais quer de espionagem, muitas das vezes utilizando os pseudónimos Frederic Freyer e B.X. Sandborn. Em 1960 recebeu, pela mão da associação Mystery Writers of America, o Prémio Edgar Allan Poe, como reconhecimento pelo seu trabalho na televisão.
Entre 1977 e 1979 foi professor assistente da cadeira de Escrita da Universidade do Estado da Califórnia. Desempenhou cargos de importância, como por exemplo, membro da direção da segurança social norte-americana e presidente da Federal Credit Union.
Faleceu a 23 de março de 1980.
Como referenciar: Bill Sanborn Ballinger in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-25 22:46:52]. Disponível na Internet: