Boavista Futebol Clube

O Boavista, clube desportivo sediado no Porto, foi fundado a 1 de agosto de 1903, com o nome de Boavista Footballers, por um grupo de portugueses e ingleses empregados da fábrica William Graham. Tinha então o objetivo de competir com o clube britânico Oporto Cricket. Em 1909, os ingleses afastaram-se do clube devido a um diferendo sobre o dia da semana em que os desafios deveriam ser disputados. Enquanto a fação britânica preferia o sábado, os portugueses optavam pelo domingo. A votação foi ganha pelos empregados portugueses, o que levou à saída de muitos ingleses e ao fim dos subsídios da William Graham. O nome do clube alterou-se e passou para a designação atual, Boavista Futebol Clube.
Por essa altura o campo onde a equipa jogava foi transferido da Rua dos Vanzeleres, para uma bouça alugada, no local onde atualmente está instalado o Estádio do Bessa. Em 1933, o Boavista resolveu transformar-se no primeiro clube português profissional. Na década de 40, após a presidência de Fernando Maurício Moreira, o clube enfrentou uma grave crise, descendo às competições regionais.
Só à entrada para os anos 70, com Olímpio Magalhães na presidência, é que o Boavista começou a criar as bases sólidas para o seu crescimento. Em 1972 foi inaugurado o Estádio do Bessa e, em 1975, o Boavista venceu a sua primeira Taça de Portugal, o que viria a repetir no ano seguinte, em 1976, ano em que alcançou o segundo lugar no Campeonato Nacional da I Divisão, melhor classificação de sempre do clube até então, com José Maria Pedroto como treinador.
Os anos 80 ficaram marcados pela gestão do major Valentim Loureiro, o presidente que lançou definitivamente o Boavista como um dos mais importantes clubes nacionais. O Boavista Futebol Clube conquistou por mais três vezes a Taça de Portugal, em 1979, 1992 e 1997, arrecadando também, nesses mesmos anos, a Supertaça Cândido de Oliveira.
Valentim Loureiro abandonou a presidência do clube em 1996, passando o cargo ao filho, João Loureiro.
Na época de 1998/99, o Boavista conseguiu o 2.º lugar no Campeonato Nacional. Mas foi em 2001 que o clube obteve a sua melhor classificação no campeonato, ao conquistar pela primeira vez o título. Jaime Pacheco foi o treinador de uma equipa em que se destacava o boliviano Erwin Sanchez, que viria a ser o técnico em 2003/04, no lugar do primeiro. Ironia, porque nessa mesma época, Jaime Pacheco voltou para o lugar de Sanchez à frente da equipa.
No dia 30 de dezembro de 2003, o Boavista inaugurou o remodelado Estádio do Bessa, um dos escolhidos para o Euro 2004.
Como referenciar: Porto Editora – Boavista Futebol Clube na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-12-09 05:25:59]. Disponível em