Bob Geldof

Cantor irlandês, de nome verdadeiro Robert Frederick Xenon Geldof, nascido a 5 de outubro de 1954, em Dublin. Em 1975 fundou os Boomtown Rats, uma banda punk responsável por êxitos como "Rat Trap", "Looking After No. 1" ou "I Don't Like Mondays".
Em novembro de 1984, após visionar um documentário da BBC sobre a fome na Etiópia, Geldof teve a ideia de compor uma canção cujas vendas revertessem para o povo etíope. Surgiu deste modo o tema natalício "Do They Know It's Christmas", cuja autoria partilhou com Midge Ure (ex-Ultravox). Interpretado pelos Band Aid, de que fizeram parte os maiores artistas britânicos do momento, incluindo Sting, Duran Duran, U2, George Michael, entre outros, o single tornou-se o mais vendido de sempre na história do Reino Unido. Este projeto deu origem ao concerto Live Aid, a 13 de julho de 1985, duas maratonas de música divididas pelo Estádio de Wembley em Londres e pelo Estádio JFK em Filadélfia. Geldof e os Boomtown Rats atuaram no concerto de Wembley, naquela que foi uma das últimas aparições do grupo ao vivo. O seu trabalho no âmbito das iniciativas humanitárias a favor da Etiópia, valeu a Bob Geldof a nomeação para o Nobel da Paz. A sua autobiografia, Is That It? (1986), tornou-se um best-seller no Reino Unido.
Em 1986, os Boomtown Rats encerraram a sua atividade. Geldof iniciou carreira a solo com o single "This Is The World Calling" (1986). Seguiram-se três álbuns: Deep In The Heart Of Nowhere (1986), The Vegetarians Of Love (1990) e The Happy Club (1992) sem grande sucesso.
Em 1982 protagonizou o filme Pink Floyd: The Wall, baseado no álbum dos Pink Floyd com o mesmo título, interpretando o papel de Pink.
Como referenciar: Bob Geldof in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-21 04:39:49]. Disponível na Internet: