Boeing

A empresa norte-americana construtora de aviões Boeing foi fundada em 1917 por William Boeing. O primeiro aparelho da empresa foi o biplano B&W, iniciais de William Boeing e G. C. Westervelt, os dois autores do projeto.

Logo em 1917 a Marinha norte-americana fez uma encomenda de 50 hidroaviões. No ano seguinte foi encomendada pela Marinha outra meia centena de hidroaviões, mas o final da Primeira Guerra Mundial, em 1918, levou a que o contrato fosse anulado.
Os aviões da Boeing foram, entretanto, batendo recordes e em março de 1919 o próprio William Boeing pilotou um modelo C-700 que foi o primeiro avião a fazer transporte de correio do Canadá para os Estados Unidos da América. Em finais desse mesmo ano, a empresa começou a adaptar aviões de Havilland de guerra para utilização comercial.

A 27 de dezembro de 1919 o avião-correio B-1 fez o seu voo inaugural, sendo o primeiro aparelho totalmente concebido pela Boeing para fins comerciais.

Em 1934 William Boeing vendeu a empresa ao Estado. Quatro anos depois, a Boeing construiu o hidroavião 314 Clipper destinado a transportar passageiros e capaz de aterrar em terra ou em água.

A Segunda Guerra Mundial, entre 1939 e 1945, levou a Boeing a dedicar-se em exclusivo a fabrico de aviões de guerra. Com o fim do conflito as encomendas baixaram significativamente deixando a empresa em graves dificuldades financeiras. Ainda foi lançado o StratoCruiser, um avião de passageiros, mas não teve grande sucesso comercial.

Em 1957 a Boeing apostou na construção de aviões de passageiros a jato, tendo começado com o 707, que foi produzido até 1991. Ao todo foram construídos cerca de mil exemplares e foi com este aparelho que a Boeing passou a liderar o mercado mundial. O B707 tinha quatro motores e capacidade para 156 passageiros.

Em 1963 lançou um modelo mais pequeno, o 727, que esteve em produção durante 21 anos.

O Boeing 737 apareceu em 1967 e foi o avião de passageiros mais vendido na história da aviação civil, já que foram comercializados perto de cinco mil aparelhos. O B737 era destinado a rotas curtas e médias e podia transportar até 220 passageiros.

Em 1969 foi apresentado o B747, o mais famoso avião da Boeing. Este aparelho, também conhecido por Jumbo, tem dois pisos, o que lhe dá uma forma peculiar, com uma espécie de lomba na parte dianteira. O B747 tem capacidade para 460 passageiros, o que fazia dele o maior avião de passageiros do mundo até então.

Foi preciso esperar até 1981 para que surgisse um novo Boeing, no caso o 767, logo seguido em 1982 pelo 757. Em 1994 a construtora norte-americana lançou o 777 e pouco tempo depois começou a projetar o 7E7, em que o E significa eficácia.

Entretanto, em 1997 a companhia adquiriu a rival McDonnell Douglas.


Como referenciar: Boeing in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-15 04:51:56]. Disponível na Internet: