Boragináceas

Família de plantas dicotiledóneas, que se distribuem por cerca de 130 géneros e 2600 espécies. São ervas, arbustos ou árvores e, por vezes, lianas. Algumas espécies de Boragináceas (Boraginaceae) são plantas venenosas.
As Boragináceas são cosmopolitas, distribuindo principalmente por regiões tropicais e temperadas. Não são vulgares nos territórios mais frios.
As folhas das Boragináceas são, normalmente, alternas, simples ou compostas, inteiras ou recortadas e sem estipulas. As flores são solitárias ou agregadas em inflorescências tipo cimo, terminais ou axilares, inicialmente espirais. São flores pentâmeras, geralmente actinomorfas e quase sempre hermafroditas. O cálice é formado por sépalas soldadas ou livres e a corola é simpétala. Os estames são, geralmente, em número de cinco estão soldados à corola e são alternos aos lobos da corola. O gineceu é bicarpelar, de ovário súpero com dois ou quatro lóculos. Em cada lóculo encontra-se um ou vários óvulos.
O fruto é uma drupa, um esquizocarpo, constituído por duas ou quatro pequenas nozes, ou uma cápsula.
As Boragináceas incluem plantas utilizadas como ornamentais, como, por exemplo, as dos géneros Cynoglossum, Myosotis e Pulmonaria. Algumas espécies têm interesse como plantas medicinais, como, por exemplo, a Borago officinalis, conhecida como borago ou borragem-comum, e a Symphytum officinale, conhecida por consolda-maior.
A Anchusa arvensis, conhecida popularmente por buglossa, e o Myosotis discolor, conhecido por miosótis, são espécies de Boragináceas.

Como referenciar: Boragináceas in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-09-30 10:32:36]. Disponível na Internet: