Boumedienne

Boumedienne, também conhecido por Mohamed Bu Kharuba, nasceu a 23 de agosto de 1927 em Guelma e faleceu a 27 de dezembro de 1978 em Argel. Professou os seus estudos corânicos em Tunes e na Universidade do Cairo, onde se entusiasmou com a revolução egípcia.
Entrou para a guerrilha em 1955, quando a Argélia se encontrava sob domínio francês e na clandestinidade adotou o nome de guerra Houari Boumedienne. Em 1960 assumiu um papel preponderante na revolta militar que pôs Ben Bella na presidência do governo (1962). Entre 1962 e 1963 assumiu os cargos de ministro da Defesa e de vice-chefe do Governo.
A sua carreira política assume importância depois de depor Ben Bella a 19 de junho de 1965, concentrando em si os cargos de Chefe do Estado, presidente do Conselho de Ministros e ministro da Defesa. Os seus modelos políticos são Mao Tsé-Tung e Fidel Castro. Acabou com as últimas bases francesas e tentou assegurar a independência económica da Argélia. Para tal, procurou rodear-se de pessoal técnico, imprimindo à economia uma nova orientação com a progressiva nacionalização operada entre 1966 e 1971, pois acreditava que não poderia haver independência política sem independência económica.
Como referenciar: Porto Editora – Boumedienne na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-25 13:30:05]. Disponível em