boxe

O boxe é um desporto de combate disputado entre dois atletas, que se completa com uma série de golpes calculados e executados com as mãos, nas quais se utilizam luvas próprias para este tipo de desporto. Criado pelos gregos no século I, o boxe dispõe, atualmente, de regras muito específicas, que diferem conforme as diferentes federações intenacionais. Apesar de ter sido desenvolvido pelos ingleses, é nos Estados Unidos da América que tem maior expressão.
Os gregos introduziram o boxe nos Jogos Olímpicos em 688 e foram também eles que elaboraram as suas primeiras regras e o tornaram conhecido dos romanos que o transformaram num jogo muito violento e sangrento. Com a queda do Império Romano, o boxe ficou extinto durante treze séculos, até que a Inglaterra o fez ressurgir. Em 1719 abria a primeira academia de pugilismo em Londres e, em 1743, Jack Broughton escrevia as primeiras regras do boxe inglês, que se mantiveram até 1889. O boxe foi introduzido nos Estados Unidos da América pelos colonizadores ingleses e, no início, era praticado pelos escravos negros, nos quais os donos apostavam grandes quantias de dinheiro. O primeiro grande lutador foi o escravo Tom Molineaus, que ganhou a sua liberdade ao derrotar o campeão de uma plantação rival. No século XIX, o boxe estava dividido em duas categorias: as lutas privadas, em que se lutava por dinheiro, contra as leis locais, e que atraía os viciados no jogo e os criminais; e sparring, em que os lutadores usavam luvas e o jogo era considerado um desporto que se praticava em palcos e ginásios privados.
Em 1920 o boxe nos Estados Unidos entrou numa nova fase, a legalização e, dois meses depois da legalização do boxe no Estado de Nova Iorque, Tex Rickard tornou-se o proprietário do Madison Square Garden, um pavilhão onde normalmente se realizam os grandes combates. Nos anos 70 e 80, a cidade de Nova Iorque era a número um do pugilismo mundial. Agora é Las Vegas quem ocupa essa posição.
Existem várias federações internacionais de boxe e todas elas têm regras diferentes. Em Portugal, há duas categorias de lutadores: uma de profissionais e outra de amadores. Na categoria de profissionais, de forma crescente, há o peso-mosca, o peso-galo, o peso-pluma, leve, meio-leve, médio, médio-pesado e pesado.
Como referenciar: boxe in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-06-18 14:17:12]. Disponível na Internet: