Bridgetown


Aspetos Geográficos
Bridgetown, cidade e capital de Barbados, situa-se na costa sudoeste desta ilha, que por sua vez se situa no grupo de ilhas do barlavento das Caraíbas. Possui um porto com um ancoradouro de águas profundas e detém um clima temperado subtropical. Tem cerca de 96 500 habitantes (2006).

História e Monumentos A cidade foi fundada pelos britânicos em 1628. O centro foi originalmente construído em cima de um pântano, drenado e enchido rapidamente de forma a permitir o desenvolvimento inicial da cidade. Nesta zona existem reminiscências de uma parte primitiva que comprova ter sido habitada por indígenas (provavelmente um povo chamado Arawak) antes dos britânicos a terem colonizado. Os ingleses deram a essa área o nome de Indian Bridge, para mais tarde adotarem o nome atual. Os seus monumentos mais importantes são a Catedral de São Miguel e Todos os Anjos, a Igreja Anglicana de Santa Maria, a Catedral Católica Romana de St. Patrick e, entre outros, a Sinagoga Judaica, uma das mais antigas do mundo ocidental.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
No centro da cidade fica a avenida principal, Broad Street, zona de eleição para o comércio. Dos seus outros pontos de interesse, destacam-se os edifícios do Parlamento, a Praça Nacional dos Heróis (antiga Trafalgar Square), o Parque da Rainha, a Estátua de Nelson, o Museu de Barbados, a Praça da Catedral e a Área Histórica Nacional, onde se encontra a casa onde George Washington ficou quando visitou a cidade (a única que visitou fora dos EUA). Possui três campus da Universidade das Caraíbas Orientais. Em janeiro realiza-se todos os anos na cidade o Festival de Jazz de Barbados.


Economia
A cidade é um dos maiores destinos turísticos das Caraíbas e ainda um importante centro financeiro (destaque para os negócios off-shore), comercial e de convenções das Caraíbas. Possui um porto de escala para navios de cruzeiro, exporta açúcar, rum e melaço, além de servir de ponto de transbordo de carga destinada a outras áreas da região. É servida pelo aeroporto internacional Sir Grantley Adams.
Como referenciar: Bridgetown in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-08 05:53:11]. Disponível na Internet: