Bruce Lee

Ator norte-americano de origem chinesa, Bruce Lee, nome artístico de Lee Yeun Kam, nasceu a 27 de novembro de 1940, em São Francisco, e morreu a 20 de julho de 1973, em Hong Kong. Perito em artes marciais, o seu nome está associado ao sucesso do "kung-fu" e ao género cinematográfico nelas inspirado e criado nos estúdios de Hong Kong. De facto, Bruce Lee deixou os Estados Unidos da América em criança, e foi em Hong Kong que começou a aprender artes marciais, tendo-se estreado no cinema aos seis anos. O jovem ator começou a desempenhar papéis em que demonstrava todo o seu talento para essas artes, e usava o nome profissional de Siu-Lung Lee (Pequeno Dragão). Participou em cerca de uma vintena de filmes antes de voltar para os Estados Unidos. Aí, enquanto estudava, ganhava a vida a dar aulas de artes marciais, e teve como alunos algumas celebridades da Sétima Arte, como Steve McQueen, James Coburn, James Garner, Lee Marvin, Roman Polanski, e Kareem Abdul Jabbar. Tirou o curso de Filosofia na Universidade de Washington. Em 1966, estreou-se numa série de televisão americana sobre artes marciais, The Green Hornet, desempenhando o papel de Kato, o que o lançou para a fama. No cinema, os seus principais sucessos foram The Big Boss (Big Boss: O Implacável,1971), Fists of Fury (1972), The Way of the Dragon (A Fúria do Dragão,1973), um filme escrito, realizado e protagonizado por Lee e que conta também com a participação de Chuck Norris, Enter the Dragon (O Dragão Ataca,1973), a primeira coprodução entre os estúdios de Hong Kong e dos Estados Unidos da América, e Game of Death (A Torre da Morte,1978). Este foi também o último filme do ator. Com apenas 32 anos, Bruce Lee morreu em julho de 1973, em Hong Kong, muito antes de as filmagens daquele filme estarem completas, o que fez com que A Torre da Morte possua muito poucas sequências com o verdadeiro Lee. De facto, este filme foi montado a partir de filmagens antigas e conta com duplos do ator, tendo apenas estreado em 1978. As circunstâncias da morte deste grande mestre de artes marciais nunca foram verdadeiramente explicadas, embora a versão "oficial" a atribua a um edema cerebral. Há quem especule que terá sido provocada por um grupo de peritos de "kung-fu" que acreditavam que o ator estava a expor demasiado aos olhos do mundo os "segredos" das artes marciais. Bruce Lee era casado e tinha dois filhos. Ironicamente, o seu filho Brandon Lee, também ele ator e perito em artes marciais, iria ter uma morte trágica e em circunstâncias misteriosas, em 1993, com apenas 28 anos, ao ser alvejado por uma bala perdida durante as filmagens de The Crow (O Corvo, 1993). Seja como for, a lenda criada em volta do herói não morreu com ele, e durante uma série de anos a seguir à sua morte vários filmes foram feitos utilizando filmagens antigas do ator. Com capacidades quase sobre-humanas e porte atlético, Bruce Lee é considerado a maior estrela dos filmes de artes marciais.
Como referenciar: Bruce Lee in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-22 02:06:30]. Disponível na Internet: