Burseráceas

Família de dicotiledóneas que se distribui por 17 géneros e cerca de 500 espécies. São árvores ou arbustos com canais resiníferos no ritidoma.
As Burseráceas (Burseraceae) encontram-se nas regiões tropicais de todo o mundo especialmente na região noroeste de África e na América.
As folhas são alternas e frequentemente compostas. Podem ser ou não estipuladas.
As flores agrupam-se, geralmente, em inflorescências tipo cimeira ou racimo. São pequenas, normalmente unissexuais e actinomorfas. O cálice é formado por quatro a cinco sépalas, ligeiramente unidas, e corola com quatro a cinco pétalas. O número de estames é igual ou duplo do das pétalas. O gineceu tem três ou cinco carpelos soldados, um estilete e um estigma. O ovário é súpero, com dois óvulos por lóculo.
O fruto é uma drupa ou, mais raramente, uma cápsula.
Os géneros Bursera, Commiphora e Canarium pertencem à família das Burseráceas. Alguns exemplares têm interesse económico. São utilizados como plantas ornamentais (Bursera) e como fonte de madeira.
Como referenciar: Burseráceas in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-01-17 18:13:27]. Disponível na Internet: