cacaueiro

Designação vulgar de plantas arbóreas do género Theobroma da família das Malváceas, de cujas sementes se extrai o cacau. São plantas originárias da América Central e do Sul e o seu habitat localiza-se nas zonas equatoriais húmidas.
Os cacaueiros da espécie Theobroma cacao são árvores perenes, cuja altura varia entre cinco e dez metros. Os ramos, cobertos de pelos, possuem folhas acuminadas, simples, com cerca de 10 a 45 centímetros de comprimento.
As flores inserem-se diretamente nos troncos e ramos. O perianto é composto por um cálice de cinco sépalas esbranquiçadas ou avermelhadas e uma corola pentâmera, amarelada. O androceu apresenta cinco estames que alternam com cinco estaminódios. O ovário é súpero. Os frutos são grandes cápsulas, com formato ovoide a oblongo, com invólucro espesso e denso. Cada cápsula contém entre 20 e 40 sementes mergulhadas numa polpa ácida.
A propagação do cacaueiro pode fazer-se por sementes ou via vegetativa. A germinação é fácil e rápida e foi durante muitos anos a única técnica usada. Foi depois introduzida a via vegetativa proveniente de sementes, já que a polinização é entomófila e frequentemente cruzada.
A colheita é feita duas vezes por ano e os frutos são esmagados para deles se extraírem as sementes e a polpa. As sementes originam o cacau. Possuem uma substância diurética, a teobromina, que tem várias utilizações. Sob a forma de bebida, o chocolate foi introduzido na Europa no século XVI.

Como referenciar: cacaueiro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-01-24 23:42:17]. Disponível na Internet: