cache

Dispositivo especial de armazenamento de informação de alta velocidade. Pode ser uma secção da memória principal reservada para o efeito ou um dispositivo separado de alta velocidade. Nos computadores pessoais dois tipos de cache são normalmente utilizados: cache de memória e cache de disco.
A memória cache é uma porção de memória feita de RAM estática de alta velocidade (SRAM) - em substituição da mais vulgar e lenta RAM dinâmica (DRAM) utilizada para a memória principal. O objetivo da memória cache é permitir o acesso rápido às instruções e dados frequentemente solicitados pela aplicação sem recorrer à memória principal DRAM, muito mais lenta.
Muitos processadores incluem na sua arquitetura cache interna (como no caso do processador Pentium que dispõem de 16K internos) sendo esta vulgarmente designada por cache de nível 1 (L1). Muitos computadores pessoais modernos dispõem de cache de memória externa normalmente designada por cache de nível 2 (L2).
O cache de disco funciona de acordo com o mesmo princípio que o cache de memória mas, ao invés de utilizar memória SRAM de alta velocidade utiliza a memória principal convencional. Os dados mais recentes acedidos do disco - assim como dos setores adjacentes do disco onde esses dados se encontram - são guardados num buffer de memória. Quando uma aplicação necessita de aceder a dados armazenados no disco, o computador primeiro procura essa informação na cache de disco. Demonstra-se que este tipo de cache melhora substancialmente o desempenho das aplicações porque o acesso a um byte em RAM pode ser milhares de vezes mais rápido do que o seu acesso no disco rígido.
Como referenciar: cache in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-02-26 12:04:51]. Disponível na Internet: