cajueiro

Designação vulgar das plantas do género Anacardium e da família das Anacardiáceas.
O cajueiro Anacardium occidentale é originário da América do Sul tropical. Apresenta folhas ovobado-redondas e o fruto, conhecido como castanha de caju, é uma noz reniforme, assente num pedúnculo dilatado, piriforme e carnudo. O cajueiro é uma árvore com grande interesse económico, sendo fortemente cultivada como fruteira nas regiões tropicais. É costume dizer-se que todas as partes do cajueiro são úteis, embora seja o fruto, a castanha de caju, o que apresenta mais interesse económico. Produz uma goma resinosa parecida com a goma-arábica, embora menos transparente e resistente. A madeira leve e consistente é utilizada na indústria da caixotaria, no fabrico de carvão e barcos costeiros. A folhagem pode utilizar-se como adubo. A casca pode ser utilizada no fabrico de um verniz natural com aplicação nas encadernações pois tem a propriedade de afastar insetos. Pode também ser utilizada na indústria dos curtumes pela sua grande concentração de tanino.
Outros exemplos de cajueiro do género Anacardium são o Anacardium giganteum (cajueiro-do-mato) e o Anacardium humile (cajueiro-rasteiro).
A espécie Curatella americana, comummente conhecida no Brasil por cajueiro-bravo, mas também conhecida por lixeira, é uma árvore da família das Dileniáceas, característica dos matos de vegetação muito pouco densa. É também designada por catinga na América do Sul, com folhas muito ásperas e ricas em sílica.
Como referenciar: cajueiro in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-01-27 13:31:56]. Disponível na Internet: