cálculo renal

Massa sólida que se forma nos rins. Em geral começa por ser uma minúscula partícula de substância sólida que se deposita no centro do rim, onde a urina é coletada antes de ser expulsa para o uréter. Com a fusão de outros fragmentos sólidos ao fragmento inicial, vai-se formando uma massa sólida cada vez maior. A maioria dos cálculos renais contém cálcio, pelo que deve ser devido à presença desta substância, em excesso, na urina que os cálculos renais se formam. Um cálculo renal com diâmetro superior a 5 milímetros em geral permanece no rim em virtude da sua impossibilidade de passar para o uréter. Se não forem em grande número podem não causar qualquer problema. Se um cálculo renal grande se fraturar e alguns dos fragmentos passar para o uréter pode originar dores, denominadas, em geral, cólicas renais. O mesmo pode acontecer com um cálculo renal que não se fraturou mas é capaz de obstruir o uréter.
Como referenciar: cálculo renal in Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2021. [consult. 2021-01-28 00:15:01]. Disponível na Internet: