Campinas

Cidade e município brasileiro, Campinas fica no Noroeste do estado de São Paulo, a cerca de 90 quilómetros da capital estadual. A região de Campinas tem uma área de 801 km2 e uma população de cerca de um milhão de habitantes. Está dividida em quatro distritos: Joaquim Egídio, Sousas, Barão Geraldo e Nova Aparecida. Campinas é delimitada a Norte pelos municípios de Paulínia, Jaguariúna e Pedreira, a Leste por Morungaba, Itatiba e Valinhos, a Sul por Itupeva, Indaiatuba e Monte Mor e a Oeste por Hortolândia e Sumaré.
A região de Campinas está situada numa zona intermédia entre o Planalto Atlântico Paulista e a Depressão Periférica, tendo um relevo ondulado e poucas áreas planas. O ponto mais alto, na Serra de Cabras, tem 1020 metros e o mais baixo, no Parque Itajaí, tem 555 metros.
A temperatura média em Campinas, que tem um clima tropical de altitude, é de 21 graus. O povoamento de Campinas aconteceu entre 1739 e 1744, numa altura em que a localidade se chamava Campinas de Mato Grosso e era ponto de passagem das missões de bandeirantes que rumavam ao interior. A 14 de julho de 1774 nasceu de forma oficial a freguesia de Nossa Senhora de Conceição de Campinas. Tal aconteceu depois da chegada de fazendeiros que se dedicavam ao cultivo da cana-de-açúcar.
Em 1797, quando tinha 2107 habitantes, foi elevada a vila e mudou o nome para Vila de São Carlos e, a 5 de fevereiro de 1842, passou a cidade, de novo com o nome Campinas, que sempre foi a forma como foi tratada pela população, numa altura em que já era o café que dominava a economia local.
Numa terra que viveu essencialmente da cultura da cana-de-açúcar e do café, este último com predominância desde o início do século XIX, foi com a chegada da Companhia Paulista de Estradas de Ferro, em 1872, que se tornou numa das maiores cidades brasileiras.
A crise no negócio do café na década de 30 do século XX, levou a que Campinas passasse a ser mais uma cidade de indústria e serviços, o que atraiu inúmeros imigrantes, especialmente de Itália. Na segunda metade do século XX, tornou-se também um importante entroncamento rodoviário. Durante as décadas de 70 e 80 a população praticamente duplicou.
Campinas, a segunda cidade no mundo a ter telefone, é hoje em dia um centro de produção e de difusão de tecnologia de ponta.
Em Campinas fica o aeroporto de Viracopos, o segundo maior aeroporto internacional do Brasil, sendo o maior terminal de carga da América do Sul.
O lema da cidade, também conhecida por Princesa d'Oeste e Cidade das Andorinhas, é Labore virtute civitas floret, que significa "No trabalho e na virtude a cidade floresce".
Como referenciar: Campinas in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-17 15:06:49]. Disponível na Internet: